A luz correta para os novos hábitos de leitura

FAS Iluminação apresenta seleção de peças indicadas para a leitura digital ou impressa
A tecnologia permitiu que um livro de papel "coubesse" dentro de um gadget, abrindo precedentes para novos hábitos de leitura. Para ler uma obra no Kindle (um dos mais conhecidos e-readers do mercado) ou em um livro impresso é preciso escolher a luz mais adequada. O foco direto evita desconfortos como dor de cabeça e falta de concentração.

FAS Iluminação, sempre na vanguarda da criatividade, oferece uma seleção de luminárias assinadas por designers internacionais que contemplam as necessidades contemporâneas.

Nos últimos meses, com o confinamento levando as pessoas a buscar cada vez mais conhecimento, a leitura diária voltou a integrar as atividades cotidianas e mostrou que a construção de um espaço tranquilo para essa atividade é fundamental dentro de casa. O mix ideal é compor luz direta com indireta.

Os pontos de luz mais baixos e posicionados estrategicamente para a leitura são essenciais. Para iluminar com bom gosto e sofisticação, a FAS Iluminação selecionou 6 opções de luminárias que unem design e praticidade para compor os ambientes com estilo. Confira:

Oskar on the Shelf, assinada por Ingo Maurer
A moderna Oskar on the Shelf é uma extensão da luminária suporte de livros Oskar. Com portas USB, a luminária-prateleira fica livremente na parede e oferece suporte para livros, telefones celulares, óculos e chaves. Seu corpo flexível permite o ajuste do módulo de luz.


Tatu, assinada por André Ricard, para a Santa & Cole
Com visual despojado, a luminária Tatu se destaca por sua versatilidade. Seu corpo mecânico arquitetado em três seções possibilita o giro independente das partes. A distância focal é ajustável, assim como a intensidade da luz, que pode ser adaptada ao ambiente. Fabricada em plástico ABS vermelho ou branco, pode ser usada como luminária de mesa ou de parede.


Lantern Light, assinada por Neri & Hu, para a ClassiCon
A Lantern Light tem como inspiração a fonte essencial da luz: a tocha de fogo. Seu design consiste simplesmente em uma haste vertical com uma ponta iluminada. Sua estrutura em latão maciço natural, polido ou banhado a cobre é revestida com verniz incolor. A cúpula de vidro se encaixa perfeitamente à estrutura com LED integrado e dimerizável.


Básica Minima, assinada por Santiago Roqueta, para a Santa & Cole
Harmonizando robustez e leveza, a luminária Básica Minima apresenta coluna de madeira de bétula com base de níquel ou bronze. Ideal para mesas de cabeceira, prateleiras ou pontos de luz isolados. Disponível em duas versões: abajur de pergaminho bege e base de bronze ou abajur de fita natural e base de níquel.


Poppy Wall, assinada por Ulrich Beckert, Georg Soanca-Pollak, Peter Thammer,
para a Serien Lighting
Uma luminária atraente, com cúpulas em formato de "flores de papoula" que se abrem gradualmente quando despertadas pelo acendimento da lâmpada: delicadas folhas bi metálicas se expandem quando aquecidas. Disponível nas versões com uma, duas, três ou cinco hastes flexíveis, que são revestidas em tecido e podem ser dobradas à vontade para mudar a direção da luz ou apenas para reformular seu formato. As cápsulas de vidro sopradas na boca estão disponíveis em violeta preto, vermelho ou cerâmica.


Bugia, assinada por Davide Groppi
Com luz difusa, a luminária de mesa Bugia serve de luz de apoio e fornece uma iluminação aconchegante e portátil. Graças a um soquete MICRO USB na base da lâmpada, a peça também pode funcionar com fios. A bateria recarregável de 5V tem vida útil de até nove horas.


* Imagens: ©FAS Iluminação ©Ingo Maurer GmbH ©Davide Groppi ©ClassiCon GmbH ©series Raumleuchten GmbH ©Santa & Cole 2020

FAS iluminação
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 413 – Jardim Paulistano.
Tel: +55 11 3086-1661










Siga @MarcosGomesBr e fale comigo !